"...Liberdade, essa palavra
que o sonho humano alimenta
que não há ninguém que explique
e ninguém que não entenda..."

Cecília Meireles

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Pombo Correio (CRÔNICA)



Rosicleyde ia saindo do cadeião de Santo Amaro, toda apressada, porém, como sempre, foi abordada.
- O que temos aí? Por que tanta pressa? -
-Ora, não é nada, seu guarda!
-O que é isso aí? Tem alguma coisa se mexendo dentro de sua bolsa!
-Ah... não é nada importante; veja, eu já fui revistada na entrada , vou ser revistada também na saída, que é isso! Isso já é abuso de poder, olha que eu também entendo de lei!
-Deixa de papo e abre a bolsa!
-Já lhe disse, não tem nada de importante. Olhe, são apenas uns franguinhos que Carlão, meu marido, está mandando para os meninos.
-Onde ele achou frango? Isso aqui por acaso virou granja? Quero ver, abra a bolsa!
-Que implicância! Satisfeito?!
-Ora! São pombos, dois pombos. O que a senhora vai fazer com esses pombos?
-Pombo o quê, seu guarda? Veja direitinho, tem olho de frango, bico de frango, tamanho de frango
e, se eu puxar uma peninha te garanto como ele vai cacarejar.
-Deixe de conversa mole e solte os bichos!
- Eu até solto, mas continuo achando que é um desperdício fazer uma coisa dessas em época de crise. Eu acho que é frango, se o senhor acha que é pombo, me deixe levar que eu farei uma frangada, ou pombada para os pequenos. O senhor não deve ter preconceito; ave é ave, os ricos comem andorinha, não comem? Nos tempos em que Carlão estava na ativa ele levava pombo e eu fazia no forno com azeite e orégano, é de lamber os beiços.
-Sinto muito, mas os pombos ficam!
-E os meninos, seu guarda? O senhor não tem pena?
-Encontre pombo em outro lugar.
-Tá difícil! Lá no morro não tem mais nem gato.
-Deixe de conversa e solte logo esses pombos.
Ela tirou as aves da bolsa e colocou-as no chão com um olhar de pesar, que dava pena de ver.
Na cabeça tinha apenas um pensamento:
“E agora, como é que eu vou mandar um celular para o Carlão?”
Regina Gois

Um comentário:

  1. eita...não imaginei que teria esse desfecho...muito criativo hein? gostei!!

    ResponderExcluir