"...Liberdade, essa palavra
que o sonho humano alimenta
que não há ninguém que explique
e ninguém que não entenda..."

Cecília Meireles

domingo, 14 de outubro de 2012

DENSIDÃO



Quando a dor é tão intensa

que até a alma faz calar,

vem aquele choro sentido,

como cascatas de águas claras

tentando essa dor sufocar.

É o chorar para não enxergar.

É o se desmanchar...

É o não querer aceitar...

É o grito contido

de um peito dolorido

que não sabe se vai aguentar.

É o querer voltar aos tempos antigos

e em meus braços te apertar,

 em meu colo te acalentar.

É poder te dizer que amanhã

o Sol de repente vai raiar,

que esses momentos ruins vão passar

e que a felicidade um dia

com certeza vai voltar.

 Regina Gois

4 comentários:

  1. É minha querida, a dor as vezes, nos faz ficar mais fortalecidas e nos faz achegar a Deus, o Nosso consolador! A tristeza pode durar apenas uma noite e a alegria surgir no amanhã! Lindo e sentimental! Beijos, parabéns!!

    ResponderExcluir
  2. Muito linda e muito triste também :D

    ResponderExcluir
  3. Aina bem que não ha dor ou alegria que dure para sempre ,não é amiga? porque essa dor parece estar muito forte...
    cidinha

    ResponderExcluir