"...Liberdade, essa palavra
que o sonho humano alimenta
que não há ninguém que explique
e ninguém que não entenda..."

Cecília Meireles

domingo, 29 de maio de 2011

SER DIFERENTE




Não adianta disfarçar
Tentar rir ou gargalhar
Besteira querer parecer satisfeito
Se escondendo para não perder o respeito
Está estampado em seu olhar
A necessidade de divagar
Por que tudo tem que ser do mesmo jeito?
Nem todo mundo pode ser perfeito
Às vezes te dá uma vontade louca de criar
De repente qualquer coisa te faz desanimar
Somente os amigos conseguem aceitar
Que às vezes precisas se isolar.
Regina Gois

terça-feira, 24 de maio de 2011

O PALCO

Corremos como insanos,
para tudo resolver
ou pelo simples prazer de ter.
É preciso preencher todas as lacunas
antes de anoitecer.

Ninguém quer ficar nos bastidores,
o que importa mesmo é aparecer,
mesmo que isso signifique embrutecer,
passar por cima de valores,
sem se arrepender.

Voar contra o vento,
ou correr contra o tempo.
Contar apenas com a vaidade.
Esquecer a felicidade,
e da nossa eterna fragilidade,
achando que é assim que se deve viver.

Deus tenha piedade de nós,
miseráveis humanos...
É isso que realmente somos,
achamos que podemos tudo.
Que grande engano!

Quando a cortina do palco se fechar.
Quando o Sol não mais nos esquentar,
o que faremos com tudo
que até o momento acumulamos?
Regina Gois