"...Liberdade, essa palavra
que o sonho humano alimenta
que não há ninguém que explique
e ninguém que não entenda..."

Cecília Meireles

domingo, 29 de maio de 2011

SER DIFERENTE




Não adianta disfarçar
Tentar rir ou gargalhar
Besteira querer parecer satisfeito
Se escondendo para não perder o respeito
Está estampado em seu olhar
A necessidade de divagar
Por que tudo tem que ser do mesmo jeito?
Nem todo mundo pode ser perfeito
Às vezes te dá uma vontade louca de criar
De repente qualquer coisa te faz desanimar
Somente os amigos conseguem aceitar
Que às vezes precisas se isolar.
Regina Gois

3 comentários:

  1. Regina, que bom vir aqui, ao seu cantinho onde tudo é poesia, onde as palavras têm um enorme eco.
    beijinhos
    oa.s

    ResponderExcluir
  2. OAS, obrigada pelos seus maravilhosos comentários.
    Beijinhos
    Regina

    ResponderExcluir
  3. Olá regina!
    Que blog Lega!
    Gostei>..
    Visite o meu tb de poesias e contos> www.poesiassoltasebemarranjadas.blogspot.com
    tô te seguindo viu?!
    siga-me tb

    ResponderExcluir