"...Liberdade, essa palavra
que o sonho humano alimenta
que não há ninguém que explique
e ninguém que não entenda..."

Cecília Meireles

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

DESEJO (POESIA)



Com o olhar de sertanejo,
O céu nublado começo a vasculhar.
Esperançoso e cheio de desejo.
Vejo apenas uma noite sem luar.

Sinto seu cheiro e logo vejo,
Pequenas gotas rolando no ar.
Como um bobo eu logo festejo,
As folhagens que voltaram a brilhar.

Inebriado com a leveza do ar,
Minha alma se deixa levar.
Querendo apenas ouvir
O doce barulho do teu gotejar.

Quando na terra começas a tocar
Eu não me contento só em olhar,
Quero também me deitar,
E em tuas águas me abandonar.
Regina Gois





Um comentário:

  1. É....a primavera já acabou e entrou o verão, estação quente, cheia de luz, calor e intensidade...as pessoas ficam felizes, à vontade, se entregam às delícias típicas da estação, querem se refrescar em águas frescas, geladas...e haja suor, malhação, pele bronzeada, praia, mar, areia...hummm que delícia!!

    ResponderExcluir