"...Liberdade, essa palavra
que o sonho humano alimenta
que não há ninguém que explique
e ninguém que não entenda..."

Cecília Meireles

domingo, 9 de janeiro de 2011

IDENTIDADE (Poesia)


Quer saber quem sou?   
Então vou lhe contar:
Apesar do nome, não sou rainha em nenhum lugar.
Apenas nasci na terra de Iemanjá.
Gosto de Samba, mas ainda não aprendi a dançar.
Sei contar histórias, fazer poesia e recitar.
Minhas raízes vieram da África,
Terra dos Orixás.
Não tenho nenhuma fortuna,
Mas da vida não posso me queixar.
Sou uma criatura que vive bem
Em qualquer lugar.
E que tem apenas uma certeza,
De que da vida nada podemos levar.
Regina Gois

6 comentários:

  1. Muito lindo...
    As suas raízes fazem voc~e ser essa mulher e essa tia tão especial para nós!
    Beijos
    Lella

    ResponderExcluir
  2. Olá Lella!
    Obrigada pelo lindo comentário.
    ABRAÇOS

    ResponderExcluir
  3. Palavras fortes, intensas, como raízes fincadas, que permanecem talvez por uma eternidade...
    Lindíssimo Rê, parabéns!!

    ResponderExcluir
  4. LINDO!!! LINDO!!!! LINDO!!!!! AMEI! MULHER FORTE, GERREIRA, DETERMINADA... QUE VENCEU NA VIDA!!!! ORGULHO PRA TODOS NÓS! BEIJOS CUNHADA

    ResponderExcluir
  5. Ahhhh mto mto boa essa !!!
    Ah é a minha preferida !
    Maravilhosa ..... como vc !

    ResponderExcluir
  6. Liindo!Por você ser esse pessoa tão especial que nós te amamos!
    Beijos

    ResponderExcluir