"...Liberdade, essa palavra
que o sonho humano alimenta
que não há ninguém que explique
e ninguém que não entenda..."

Cecília Meireles

domingo, 9 de janeiro de 2011

O TEMPO (Poesia)



Quem sou eu?
Quem é essa mulher?
Cadê aquela adolescente?
Tão feliz,
Tão sorridente,
Tão independente.
De alma tão transparente.
Cheia de sonhos,
Cheia de curvas,
Que odiava dias de chuvas.
Em que canto perdi meus encantos,
 Meus sonhos,
Meus dentes,
  Minha mente?  
Regina Gois

3 comentários:

  1. Ela está dentro de você...
    Muito bom.
    Lella

    ResponderExcluir
  2. Nada está perdido..talvez guardado em algum lugar...para tudo há esperança...
    beijos,

    ResponderExcluir
  3. Ótimo!!! Como disse a Lé, ela está aí dentro de vc... a mesma mulher cheia de coragem e determinada! O tempo passa e muda muita coisa pra todo mundo, cabe a nós nos agarrarmos apenas nas coisas q realmente valem a pena e darmos valor pra elas, não é mesmo! Seja feliz minha querida, pois vc merece!

    ResponderExcluir