"...Liberdade, essa palavra
que o sonho humano alimenta
que não há ninguém que explique
e ninguém que não entenda..."

Cecília Meireles

sexta-feira, 22 de julho de 2011

COMO O SOL E A LUA

    
Preciso te ver
por isso saio a te procurar.
Parece loucura, sei lá...
É uma necessidade que me dá forças
para levantar.

Lá está você, mesmo de longe consigo te enxergar
sei que também estás a me procurar  
tudo que quero, é ver de perto mais uma vez
o clamor em teu  olhar.

Quanto me vejo diante de teu olhar
fico muda, confusa com medo de me despedaçar.
Como o Sol e a Lua, é assim que devemos ficar.
Você sabe que eu existo,
e eu sei onde te encontrar.

Guardaremos n`alma
o intenso brilho de nosso olhar
pois é isso que eu posso receber
e é tudo que eu posso te dar.
REGINA GOIS

3 comentários:

  1. Sol e Lua, ambos grandiosos e belos. Adoro comtemplar as noites de luar.

    Lindo poema.
    Beijos amiga
    oa.s

    ResponderExcluir
  2. Que desenhos, filmes,séries de TV que você gostaria que fossem publicados nas edições do Fanzine Episódio Cultural?

    Você pode (se quiser) enviar um pequeno texto dando sua opinião a respeito.
    Envie sua sugestão para: machadocultural@gmail.com

    ResponderExcluir